MATÉRIA DE VIDAS NEGRAS

6.5.2020

Caros amigos, famílias e jovens artistas da CityArts,

É verdade que demoramos um pouco para falar sobre os acontecimentos das últimas semanas. Certamente, não porque relutemos em tomar uma posição, nem porque não tenhamos certeza de nossa posição: as vidas dos negros são importantes. As execuções de George Floyd, Ahmaud Arbery, David McAtee e Breonna Taylor foram tragédias imensas que não se apresentam como incidentes isolados de racismo, mas como representações do anti-negritude, opressão de classe e violência estatal que dominou história deste país.

Nós da CityArts somos muito impactados por esses eventos e temos dedicado tempo para sentir, ouvir e processar. Acolhemos essas conversas desafiadoras com amor e empatia em nossa busca pela cura e mudança coletiva. E não fugiremos da tarefa de incorporar nossos valores nesta época de crueldade e oposição.

Como artistas e educadores, estamos constantemente e cuidadosamente examinando nossa filosofia e práticas para melhor refletir e responder às necessidades de nossa comunidade diversificada de professores, administradores, voluntários, jovens artistas e famílias. Acreditamos de todo o coração na capacidade da arte de melhorar a qualidade de vida das pessoas e no poder da educação para gerar mudanças fundamentais positivas no tecido de nossa sociedade. Por meio de nosso trabalho, buscamos capacitar qualquer pessoa em nossa comunidade para celebrar sua humanidade, lutar contra o ódio e abordar as diferenças percebidas com compaixão, curiosidade e um desejo genuíno de construir um mundo melhor juntos.

Hoje e todos os dias, estamos em solidariedade feroz com aqueles que protestam e outros que defendem e lutam por mudanças sistêmicas. Estamos magoados e furiosos com a falta de empatia, confiança, respeito e humanidade demonstrada em atos de violência racista. Somos movidos a agir pelo mal daqueles que tiram a vida de outros por medo e insegurança. Prometemos caminhar ao lado de nossa comunidade em direção à justiça, amor e compreensão. Seguindo em frente, estamos nos comprometendo a criar espaços de transparência, cura e segurança em nossa comunidade.

Prometemos ouvir mais do que falar em nossas apresentações, palestras e fóruns da comunidade.

Prometemos tomar decisões de financiamento que fortaleçam em vez de drenar os recursos econômicos de nossa comunidade multicultural.


Prometemos tratar nossos funcionários e voluntários com paciência, dignidade e respeito.


Prometemos trabalhar com nossos jovens de maneiras que ensinem a ter o coração aberto, falando ativamente contra o preconceito de todos os tipos.


Prometemos defender nossa comunidade, especialmente no Southside, ferozmente e sem concessões.


Com respeito e solidariedade,

Providence CityArts para jovens funcionários e diretoria

unnamed_edited.jpg